Política de Privacidade

Politica de privacidade aqui

Consórcio

TIPOLOGIA

ENTIDADE

Líder Consórcio

Territórios do Côa, Associação de Desenvolvimento Regional

Parceiro estratégico

Fundação Côa Parque

Associação

ADES – Associação de Desenvolvimento do Sabugal

Privado

Adriano Ramos Pinto Vinhos, SA

Privado

Agostinho Fonseca dos Santos

Privado

Aires Jorge Abreu de Sampaio e Mello de Amaral

Privado

Alice Sobral de Campos Ritto da Gama

Privado

Amílcar António Baptista Alexandre

Privado

Amílcar César dos Santos

Privado

Ana Isabel Monteiro Bolota Gonçalves

Privado

Ana Lúcia Rodrigues Lopes Berliner

Privado

Anabela Gonçalves Costa

Privado

António Jorge Rolo Lameirinhas

Privado

António José Gonçalves Marques

Privado

Armindo Cordeiro Janeiro

Associação

Associação Cultural Desportiva e Recreativa de Freixo de Numão

Associação

ADEFS – Associação de Desenvolvimento das Encostas da Fonte Santa

Associação

AMVC – Associação de Municípios do Vale do Côa

Associação

AENEBEIRA – Associação Empresarial do Nordeste da Beira

Associação

Associação para a Promoção da Arte e Cultura do Vale do Côa e Douro Superior

Associação

ATN – Associação Transumância e Natureza

Privado

Aurélio Galhardo Coelho

Privado

Bago D´Ouro Hotéis, Lda.

Município

Município de Mêda

Município

Município de Almeida

Município

Município de Figueira de Castelo Rodrigo

Município

Município de Freixo de Espada à Cinta

Município

Município de Mogadouro

Município

Município de Pinhel

Município

Município de Torre de Moncorvo

Município

Município de Trancoso

Município

Município de Vila Nova de Foz Côa

Município

Município de Sabugal

Privado

Casas da Pipa – Turismo de Aldeia, Lda.

Privado

Chá da Esperança – Casa de Chá, Lda.

Privado

D`Aguiar Turismo e Hotelaria, S.A.

Público

EDP – Energias de Portugal, S.A.

Privado

Esquila Real, Gestão Hoteleira, Unipessoal, Lda.

Empresa Municipal

Fozcôactiva – Gestão de Equipamentos Desportivos e Culturais, E.M.

Empresa Municipal

Fozcoainvest Energia, Turismo e Serviços, E.M.

Privado

Henrique David Ferreira Neto

Privado

Hotelcoa – Estabelecimentos Hoteleiros, Sociedade Unipessoal, Lda.

Privado

Imobiliário FTP, Lda.

Privado

Imobiliária J.C Ferreira, Lda.

Inst. Público

Instituto de Conservação da Natureza e da Biodiversidade I.P.

Inst. Público

Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico, I.P.

Inst. Público

Instituto para o Fomento e Desenvolvimento do Empreendedorismo em Portugal

Privado

José Alberto Moreira de Oliveira

Privado

José Carlos Nabais Rodrigues

Privado

José Luís dos Santos Chapeira

Privado

José Vieira Jacinto

Junta Freguesia

Junta de freguesia de Outeiro de Gatos

Privado

Lena Ambiente, S.A.

Privado

Margens, Formação e Actividades Turístico Recreativas, Lda.

Privado

Maria de Fátima Farias de Sousa Maia

Privado

Maria Hermínia Baptista Rebelo Mesquita

Privado

Maria Odete Meireles Coxito

Privado

Marialvamed – Turismo Histórico e Lazer, Lda.

Privado

Nuno Alexandre Andrade Oliveira

Privado

PACETEG, S.A.

Privado

Paulo Manuel Amaro Afonso

Privado

Proença e Filhos, Lda.

Associação

Projecto Arqueológico da Região de Moncorvo

Privado

Ravinas do Côa – Serviços Turismo, Desporto e Aventura, Lda.

Privado

Sabor, Douro e Aventura – Entretenimento e Lazer, Lda.

Empresa Municipal

Sabugal+ – Empresa Municipal de Gestão de Espaços Culturais, Turísticos, Desportivos e Lazer, E.M.

Privado

Sociedade Agro- pecuária Baraças Irmãos Unidos, Lda.

Empresa Municipal

TEGEC – Trancoso Eventos, E.M.

Privado

Turispedros, Lda.

Associação

ACÔA – Associação de Amigos do Parque e Museu do Côa

Privado

Complexo Hoteleiro Falcão, Lda.

Privado

Naturisgal, Lda

Privado

Filipe André Ferreira Júlio

Empresa Municipal

Figueira Cultura e Tempos Livres, E.M.

Associação

Lage da Candeia, Associação de Desenvolvimento Local

Associação

Douro e Águeda, Associação Cultural e Desportiva

Privado

Cristina Maria Ferreira Gomes (Restaurante O Lagar)

Privado

Sociedade de Desenvolvimento da Quinta do Colmeal, Lda.

Privado

Rui Reboredo Madeira

Privado

Maria Isabel Dias Sampaio

Privado

Quinta da Calcaterra – Agroturismo, Lda.

Privado

Quinta Vale D`Aldeia, S.A.

Privado

Quinta do Gandarém, Lda.

Privado

Casa da Alma do Ferro (António Júlio de Sousa e Ana Bela de Jesus Branco)

Privado

Carlos Meirinho Carrilho Rito

Privado

Francisco Fernandes

Privado

Bruno Nunes

Privado

Terras Perdidas, Lda.

Privado

PARKÔA, Lda.

Privado

Sabores e Bem Receber, Lda.

Privado

Agrobacorinho, Lda.

Privado

Aida Fonseca Baltazar Bárbara

Privado

António Maltez

Privado

Hotel Turismo de Trancoso

Privado

Maria Filomena Domingues

Privado

Mafalda Nicolau de Almeida

Privado

Maria Daniela Castro Carneiro

Privado

Auto-Viação da Murtosa e Cenários D´Ouro SA

Privado

Bárbara Rafaela Pinto de Sá Carvalho

Privado

Sociedade Hoteleira S. José, Lda.

Privado

Pedro Miguel dos Santos Martins Frias

Privado

Gesconsult – Rui Almeida

Privado

João Pedro Monteiro Ruas

Privado

Vitor Manuel Monteiro Tavares

selo-b

Certificação Vale do Côa

REDE DE PROMOTORES DO TURISMO E DE VALORIZAÇÃO DO PATRIMÓNIO NO VALE DO CÔA
(marca de certificação n.º506233, registo no INPI)

 


selo-bselo-pselo-oselo-g
RestauraçãoProdutos EndógenosAnimação TurísticaAlojamento
Registar Unidade Registar UnidadeRegistar Unidade Registar Unidade 

A identidade / marca territorial trata-se de uma imagem que não pode ser construída ou inventada através da mera criação de um logótipo ou de uma campanha promocional. Daí a necessidade de uma rigorosa estruturação e planificação desta acção, no sentido de ser encarada como uma estratégia global, assumida por todos os intervenientes, e que permita uma maior eficiência e efectividade para o reconhecimento que o destino – Vale do Côa – deverá adquirir enquanto identidade distintiva. Esta acção só fará sentido se encarada numa óptica de trabalho em rede. A marca de identidade territorial está consubstanciada num programa de dinamização de acções transversais, que visam adquirir coerência identitária e harmonia estética, que reforçarão certamente essa marca e que a potenciarão a uma escala alargada. O projecto visa o desenvolvimento de uma estrutura de apoio à governança do destino turístico Vale do Côa, nomeadamente a constituição de uma Rede de Promotores do Turismo e de Valorização do Património no Vale do Côa. A referida rede permitirá um novo estádio de progresso das actividades culturais e turísticas, com o objectivo de dinamizar, sustentar e reforçar a imagem do destino Vale do Côa e simultaneamente desenvolver os atributos e valores da marca, capazes de atrair e fixar populações, empresas e mercados, nomeadamente turísticos. A sua amplitude a uma escala de comunicação alargada e a sua dinâmica transversal ao território serão vitais em termos de promoção, comunicação e animação da região do Vale do Côa, bem como das suas estruturas empresariais, culturais e sociais.

O selo

O selo “Vale do Côa” é uma iniciativa que pretende evidenciar as linhas de trabalho dos seus aderentes, nomeadamente as que são indutoras de qualificação do território e do reforço da sua boa imagem. O cumprimento das regras para a garantia de uma oferta de qualidade é fundamental para toda a região do Vale do Côa. Daí a necessidade de se adaptar o selo consoante as linhas de trabalho praticadas pelos seus dinamizadores. Para o efeito, o proponente deverá preencher o formulário no qual se enquadre a sua actividade.

Nota: Só beneficiarão do selo as entidades que cumpram com as normas do regulamento aplicável à actividade. O pedido de registo de actividade deve, por isso, ser antecedido da análise do documento.

Regulamento

Se pretende obter mais informação acerca do processo de certificação,

informe-se junto da associação territoriosdocoa@gmail.com ou consulte o

regulamento.

 

Ver Regulamento

A Marca

MARCA DE IDENTIDADE TERRITORIAL “VALE DO CÔA”​

(marca nacional n.º506233, registo no INPI)

https://www.facebook.com/photo.php?v=116810095116741&set=t.100003632536962&type=3&theater

A identidade/marca territorial trata-se de uma imagem que não pode ser construída ou inventada através da mera criação de um logótipo ou de uma campanha promocional, no sentido de ser encarada como uma estratégia global, assumida por todos os intervenientes, e que permita uma maior eficiência e efectividade para o reconhecimento que o destino – Vale do Côa.

 

  Manual de Normas Gráficas

História

O Vale do rio Côa constitui um local único no mundo por apresentar manifestações artísticas de ar livre inseríveis em diversos momentos da Pré-História, Proto-história e da História, nomeadamente o mais importante conjunto de figurações paleolíticas de ar livre até hoje conhecido. Este extraordinário conjunto rupestre distribui-se ao longo de dois eixos fluviais principais: o rio Côa, numa extensão de cerca de 30 kms, e também o rio Douro, ao longo de cerca 15 kms, para ambos os lados da embocadura do Côa. Conhecem-se já mais de mil rochas com manifestações rupestres, em mais de 70 sítios diferentes, com predomínio das gravuras paleolíticas, seguidas por motivos da Idade do Ferro, Época histórica e Pré-história recente, respectivamente.

 

69fbde 0d73a58c7af103ee8034a87f622d5634.jpg srz 1207 449 85 22 0.50 1.20 0.00 jpg srz

Caracterização

69fbde 0d73a58c7af103ee8034a87f622d5634.jpg srz 1207 449 85 22 0.50 1.20 0.00 jpg srz

Nas montanhas do nordeste de Portugal, região de extensos olivais, onde no início da primavera (fevereiro e março) florescem amendoeiras e no outono (setembro e outubro) as vinhas se cobrem de folhas cor de fogo, corre para o rio Douro um afluente cujo nome se tornou universal: é o Côa, que encerra ao longo do vale um expressivo ciclo artístico. Milénio após milénio, as rochas de xisto que delimitam o seu leito foram-se convertendo em painéis de arte, com milhares de gravuras legadas pelo impulso criador dos nossos antepassados.

69fbde 5889d8667fe7a497e13339d763d9c850.jpg srz 1200 320 75 22 0.50 1.20 0.00 jpg srz