Concurso de Ideias

concursos-de-ideias

 IDEIA

DESTINATÁRIOS

DATA DE LANÇAMENTO

DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS TRABALHOS

DATA PREVISTA PARA ANÚNCIO DOS RESULTADOS

Mascote Vale do CôaEstudantes do ensino básico ao secundário21/11/2012 03/06/2013 12/07/2013
Documentário / Curta-metragemPúblico em geralTodos(as) os(as) que se dedicam às artes da imagem e som e que estejam interessados(as) em produzir uma curta- metragem/documentário.21/11/201203/06/201312/07/2013
Fotografia Natureza e PatrimónioPúblico em geral 21/11/2012 03/06/2013 12/07/2013
Projecto EmpreendedorPreferencialmente  os(as)  alunos(as)do ensino superior (universitário ou politécnico),  ou  formandos  dos cursos de especialização tecnológica. Também, toda e qualquer pessoa detentora de uma visão de negócio, projecto e/ou iniciativa, de cariz empresarial ou social, devidamente fundamentada em prol da dinamização da actividade  turística  da  região  do Vale do Côa.21/11/201221/05/201314/06/2013
Projecto Marketing e ComunicaçãoPreferencialmente  os(as)  alunos(as)do ensino superior (universitário ou politécnico),  ou  formandos  dos cursos de especialização tecnológica. Também, toda e qualquer pessoa detentora de uma visão de negócio, projecto e/ou iniciativa, de cariz empresarial ou social, devidamente fundamentada em prol da dinamização da actividade  turística  da  região  do Vale do Côa.21/11/201221/05/201314/06/2013

Nota: A organização reserva-se o direito a proceder a alterações pontuais das datas indicadas, por razões ponderosas que assim o justifiquem.

Côa Criativo / Regulamento Geral

Contexto

Os Concursos de Ideias inserem-se na iniciativa CÔACRIATIVO2012, que tem por objectivo assumir-se como um conjunto de acções integradas de promoção do empreendedorismo e da criatividade na região de influência do Vale do Côa. Serão promovidos a nível nacional e pretendem gerar uma dinâmica que permita colocar a região num patamar reconhecido de inovação e criatividade.

O projecto CÔA CRIATIVO assenta nos seguintes objectivos específicos:

  • Promover a competitividade do território – destino turístico;
  • Promover soluções inovadoras que respondam à problemática do desenvolvimento sustentável em territórios de baixa densidade;
  • Valorizar os recursos endógenos do território para o desenvolvimento das actividades turísticas e a dinamização local;
  • Proteger e valorizar os recursos culturais, ambientais e das paisagens que marcam a identidade do Vale do Côa;
  • Promover o Vale do Côa no mercado nacional;
  • Dotar todos(as) os(as) interessados do Vale do Côa de capacidade empreendedora e criativa; 2
  • Promover um padrão de especialização, dinamizando a produção de bens e serviços turísticos;
  • Fomentar o desenvolvimento e a inovação de produtos turísticos;
  • Promover o empreendedorismo no Vale do Côa.

Participação

Cada ideia a concurso está destinada a uma participação específica, tentando no entanto abranger todos os indivíduos, desde a infância, independentemente da formação, desde que portador de nacionalidade portuguesa ou residente em Portugal.

Exclusão

Estão obviamente excluídos de participarem os elementos dos júris e os membros da comissão organizadora.

Autoria das ideias

As ideias a concurso podem ser individuais ou colectivas, independentemente da área a que se inscrevem. Porém, cada autor (individual ou equipa) só pode participar numa área em concreto.

O autor (individual ou equipa) deve inscrever-se através do preenchimento do formulário e assumir a autenticidade de toda a informação prestada.

Modo de participação

As ideias criativas terão de ser obrigatoriamente apresentadas por e-mail, através do endereço coacriativo@gmail.com, até à data limite indicada nos regulamentos específicos, acompanhadas do formulário de identificação.
No caso de se justificar o envio de elementos pelo correio, o mesmo deverá ser submetido, até ao segundo dia útil após a data limite indicada, para o seguinte endereço (o e-mail deve ser enviado previamente, fazendo menção ao envio dos elementos pelo correio):

TERRITÓRIOS DO CÔA – Associação de Desenvolvimento Regional

Av.ª Heróis de Castelo Rodrigo, N.º59 (Ninho de Empresas do Conhecimento)6440-113 Figueira de Castelo Rodrigo

Do formulário consta a seguinte informação obrigatória*:

a. Nome (no caso de se tratar de uma equipa, dever constar o nome da equipa e de cada um dos elementos que o compõe, bem como a indicação do(a) representante)

b. Data de Nascimento (idem)

c. E-mail

d. Morada

e. Telemóvel (no caso de se tratar de um grupo, deverá constar o contacto do(a) representante)

* Todas as informações cedidas pelo(s) participante(s) são confidenciais e destinam-se apenas a permitir a participação no concurso.

As ideias

  • Os Concursos de Ideias estão organizados por áreas temáticas. Para cada área é indicada a ideia criativa a concurso e os destinatários preferenciais.
  • As ideias a concurso deverão ser originais, assumindo os(as) concorrentes a responsabilidade legal por qualquer infracção de direitos de propriedade intelectual.

 IDEIA

DESTINATÁRIOS

DATA DE LANÇAMENTO

DATA LIMITE PARA ENTREGA DOS TRABALHOS

DATA PREVISTA PARA ANÚNCIO DOS RESULTADOS

Mascote Vale do CôaEstudantes do ensino básico ao secundário21/11/2012 03/06/2013 12/07/2013
Documentário / Curta-metragemPúblico em geral

Todos(as) os(as) que se dedicam às artes da imagem e som e que estejam interessados(as) em produzir uma curta- metragem/documentário.

21/11/201203/06/201312/07/2013
Fotografia Natureza e PatrimónioPúblico em geral 21/11/2012 03/06/2013 12/07/2013
Projecto EmpreendedorPreferencialmente  os(as)  alunos(as)

do ensino superior (universitário ou politécnico),  ou  formandos  dos cursos de especialização tecnológica. Também, toda e qualquer pessoa detentora de uma visão de negócio, projecto e/ou iniciativa, de cariz empresarial ou social, devidamente fundamentada em prol da dinamização da actividade  turística  da  região  do Vale do Côa.

21/11/201221/05/201314/06/2013
Projecto Marketing e ComunicaçãoPreferencialmente  os(as)  alunos(as)

do ensino superior (universitário ou politécnico),  ou  formandos  dos cursos de especialização tecnológica. Também, toda e qualquer pessoa detentora de uma visão de negócio, projecto e/ou iniciativa, de cariz empresarial ou social, devidamente fundamentada em prol da dinamização da actividade  turística  da  região  do Vale do Côa.

21/11/201221/05/201314/06/2013

*A organização reserva-se o direito a proceder a alterações pontuais das datas indicadas, por razões ponderosas que assim o justifiquem.

Prémios

Tendo em vista o propósito principal do CÔA CRIATIVO, de reforçar a identidade territorial da região e de a colocar num patamar de reconhecimento pelo seu potencial turístico, os prémios associados a cada uma das ideias a concurso assentarão sobretudo na oferta de um Voucher de visita ao território.

Cada Voucher será composto por um conjunto de ofertas, que visam proporcionar uma estadia acolhedora e inesquecível no Vale do Côa. Para além disso, os(as) premiados(as) receberão um troféu alusivo ao evento e ao território, que lhes será entregue em acto público de divulgação dos resultados.

A organização reserva-se o direito de incrementar ofertas ao prémio do concurso, desde que tal seja possível.

VOUCHER

Estadia, para duas pessoas, numa unidade de alojamento do Vale do Côa,em data a definir
2 Entradas no Museu do Côa
1 Kit de produtos regionais
1 Oferta surpresa
Troféu

No caso da participação de Escolas, em equipa, no Concurso de Ideias para a Mascote do Vale do Côa, a organização encarregar-se-á de adaptar o prémio a uma visita da equipa à região.

Disposições gerais

– A participação nos concursos de ideias implica necessariamente a aceitação integral do presente regulamento – geral e o específico (consoante a área temática);
– A Comissão Organizadora compromete-se a zelar pela confidencialidade dos dados fornecidos, nomeadamente dos(as) concorrentes que não tiverem as suas ideias reconhecidas, após a análise;
– A Comissão Organizadora reserva o direito de proceder a alterações ao regulamento, por razões ponderosas que assim o justifiquem.

Documentário / Curta Metragem

Objectivo

A melhor ideia para Documentário / Curta-Metragem alusivo ao Vale do Côa tem o objectivo de desenvolver e fomentar o gosto pela imagem e pelo audiovisual, divulgar e incentivar a produção de trabalhos de carácter experimental com reconhecido valor cultural e artístico, enquanto instrumento de desenvolvimento e afirmação da identidade cultural e da valorização da imagem da região de influência do Vale do Côa.

Destinatários

Público em geral. Todos(as) os(as) que se dedicam às artes da imagem e som e que estejam interessados(as) em produzir uma curta-metragem/documentário.

Apresentação da Ideia

  • Os trabalhos de autor(a) a concurso deverão ter a duração máxima de 15 minutos, enviados em formato DVD – Vídeo, e se possível em formato MINIDV ou DVCAM;
  • Só poderão ser admitidos trabalhos originais associados com a região do Vale do Côa;
  • Cada   interessado(a)   poderá   apresentar   no   máximo     dois   vídeos documentários/curtas-metragem inéditos (ainda não exibidos ou premiados em outros concursos e editais até a data da inscrição), sendo que apenas um será o premiado;
  • É obrigatório enviar 5 cópias de cada trabalho a concurso. Todas as cópias devem ser identificadas com o título do documentário e nome do(s) realizador(es);
  • Para além do supracitado, cada trabalho deverá vir acompanhado dos seguintes documentos, enviados em formato digital, devidamente identificado:

a) Ficha de inscrição devidamente preenchida;

b) Breve Biografia (nome, idade, naturalidade, habilitações literárias, profissão actual);

c) Ficha Técnica – total de 280 caracteres com espaços;

d) Sinopse – total de 250 caracteres com espaços.

Júri

  • A escolha dos projectos é da responsabilidade de um júri constituído por
  • personalidades reconhecidas nas áreas de comunicação audiovisual e cinema, e desenvolvimento regional;
  • O júri será presidido pela Territórios do Côa – Associação de Desenvolvimento Regional;
  • Cabe ao júri a selecção das três ideias mais criativas;
  • O júri é composto por 5 elementos, representantes das entidades convidadas pela organização do concurso;
  • No dia do anúncio formal das três melhores ideias, um(a) representante do júri fará uma apresentação dos factos que levaram à decisão;
  • Da decisão do júri não haverá recurso.

Entrega dos Trabalhos

– A data limite para entrega dos trabalhos é 03 de Junho de 2013. (Consultar Regulamento Geral)

Comunicação/Divulgação

– A divulgação dos concorrentes seleccionados será feita individualmente até ao dia 05 de Julho de 2013, por e-mail, e será publicada no site www.valedocoa.pt;

– A comunicação final dos resultados do concurso será feita em acto público, no âmbito do programa CÔACRIATIVO, com data prevista para o dia 12 de Julho de 2013;

– A divulgação dos resultados será feita através dos meios de comunicação social e respectivos suportes comunicacionais a cargo da organização.

Critérios de Avaliação

– As candidaturas serão sujeitas a uma análise prévia, a cargo da Comissão Organizadora, que se encarregará de validar o cumprimento das normas regulamentares.

– As candidaturas que manifestem incumprimento das regras do concurso serão automaticamente excluídas.

– Depois de validadas as candidaturas, o júri procederá à avaliação das ideias, com base nos seguintes critérios:

Qualidade da imagem / vídeoPontuação (Escala de 0 a 10)
Grau de qualidade da imagem
Adequação do vídeo aos objectivos do concurso

Criatividade

Pontuação (Escala de 0 a 10)
Capacidade demonstrada pelo(a)

concorrente/autor

– Os membros do júri atribuirão a cada ideia a concurso, e para cada um dos critérios, uma pontuação, na escala de zero a dez pontos. A pontuação total será o somatório das pontuações obtidas em cada um dos critérios;

– Caso se verifique um empate nas pontuações, a decisão sobre a classificação final caberá ao(à) presidente do júri.

Prémio

Será atribuído prémio ao melhor classificado no concurso da presente categoria, constituído por um troféu e um Voucher de visita ao Vale do Côa (ver Regulamento Geral).

O Documentário/Curta-metragem melhor classificado será apresentado publicamente, em acto oficial.

Todos os concorrentes receberão um certificado de participação no concurso.

Disposições Finais

Cada concorrente assume, para todos os efeitos legais, a plena responsabilidade pelos trabalhos que apresenta a concurso, pelo que a organização se exclui de toda e qualquer responsabilidade para com terceiros, sendo que qualquer responsabilidade cível ou criminal relativa aos conteúdos das obras é inteiramente imputada ao(s) autor(es);

A organização presume que as imagens (criações intelectuais expressas por um conjunto de combinações de palavras, música, sons, textos escritos e imagens em movimento, fixadas em qualquer suporte) estão aptas, do ponto de vista legal dos direitos de autor, para a sua exibição pública, através da sua difusão a partir do site www.valedocoa.pt, ou em acções de divulgação e promoção de eventos dinamizados pela organização do concurso, ou nos quais participe;

A inscrição de qualquer obra neste concurso implica a aceitação do presente regulamento;

Finalmente, a organização do concurso reserva-se o direito de reflectir e decidir sobre qualquer questão omissa ao presente regulamento.

Ficha de Inscrição

Projecto Empreendedor

Objectivo

Inscrita na área de empreendedorismo, esta iniciativa visa distinguir a melhor ideia criativa para um plano de negócio empreendedor e sustentável para a região.

Destinatários

Preferencialmente os(as) alunos(as) do ensino superior (universitário ou politécnico), ou formandos dos cursos de especialização tecnológica. Também, toda e qualquer pessoa detentora de uma visão de negócio, projecto e/ou iniciativa, de cariz empresarial ou social, devidamente fundamentada em prol da dinamização da actividade turística da região do Vale do Côa.

Apresentação da Ideia

O projecto/ideia deverá ser apresentado em formato powerpoint ou vídeo, acompanhado do respectivo plano de negócio e da memória descritiva (síntese, sumário executivo – 1 pág. A4, formato.pdf).
O plano deve ter em conta os seguintes parâmetros:

  • Apresentação do produto e/ou serviço
  • Análise do mercado
  • Inovação
  • Vantagem face à concorrência
  • Viabilidade económica e financeira (com indicação das potenciais fontes de financiamento)
  • Potencial de concretização
  • Capacidade de atracção de financiamento

Na análise da candidatura, para além dos parâmetros referidos, terão peso considerável na decisão do júri a qualidade da apresentação, a clareza da mensagem e a capacidade de síntese.

Júri

A escolha dos projectos é da responsabilidade de um júri constituído por personalidades reconhecidas nas áreas do desenvolvimento regional, do empreendedorismo e da investigação e inovação;

  • O júri será presidido pela Territórios do Côa – Associação de Desenvolvimento Regional;
  • Cabe ao júri a selecção das três ideias mais criativas;
  • O júri é composto por 5 elementos, representantes das entidades convidadas pela organização do concurso;
  • No dia do anúncio formal das três melhores ideias, um(a) representante do júri fará uma apresentação dos factos que levaram à decisão;
  • Da decisão do júri não haverá recurso.

Entrega dos Trabalhos

  • A data limite para entrega dos trabalhos é 21 de Maio de 2013. (Consultar Regulamento Geral)

Comunicação/Divulgação

  • A divulgação dos concorrentes seleccionados será feita individualmente até ao dia 07 de Junho de 2013, por e-mail, e será publicada no site www.valedocoa.pt;
  • A comunicação final dos resultados do concurso será feita em acto público, no âmbito do programa CÔACRIATIVO, com data prevista para o dia 14 de Junho de 2013;
  • A divulgação dos resultados será feita através dos meios de comunicação social e respectivos suportes comunicacionais a cargo da organização.

Critérios de Avaliação

  • As candidaturas serão sujeitas a uma análise prévia, a cargo da Comissão Organizadora, que se encarregará de validar o cumprimento das normas regulamentares;
  • As candidaturas que manifestem incumprimento das regras do concurso serão automaticamente excluídas;
  • Depois de validadas as candidaturas, o júri procederá à avaliação das ideias, com base nos seguintes critérios:
 Qualidade da ideia Pontuação (Escala de 0 a 10)
 Grau de inovação da ideia
 Adequação da ideia ao mercado
 Estratégia revelada para aceder ao mercado potencial
Efeitos demonstrativos da sua aplicabilidade
Vantagens face à concorrência
Estrutura de financiamento e de viabilidade da ideia/projecto
Capacidade de ExecuçãoPontuação (Escala de 0 a 10)
Capacidade demonstrada pelo(a) concorrente – individual ou equipa
Compromisso do(a) concorrente com a ideia/projecto apresentado
Análise do potencial de mercadoPontuação (Escala de 0 a 10)
Efeito demonstrativo da existência de mercado
Grau de conhecimento e de identificação das necessidades de mercado
  • Os membros do júri atribuirão a cada ideia a concurso, e para cada um dos critérios, uma pontuação, na escala de zero a dez pontos. A pontuação total será o somatório das pontuações obtidas em cada um dos critérios;
  • Caso se verifique um empate nas pontuações, a decisão sobre a classificação final caberá ao(à) presidente do júri.

Prémio

Será atribuído prémio ao melhor classificado no concurso da presente categoria, constituído por um troféu, um voucher de visita ao Vale do Côa e um kit de produtos regionais.

Todos os concorrentes receberão um certificado de participação no concurso.

Disposições Finais

  • Cada concorrente assume, para todos os efeitos legais, a plena responsabilidade pelos trabalhos que apresenta a concurso, pelo que a organização se exclui de toda e qualquer responsabilidade para com terceiros, sendo que qualquer responsabilidade cível ou criminal relativa aos conteúdos apresentados é inteiramente imputada ao(s) autor(es);
  • A inscrição de qualquer ideia neste concurso implica a aceitação do presente regulamento;
  • Finalmente, a organização do concurso reserva-se o direito de reflectir e decidir sobre qualquer questão omissa ao presente regulamento.

Ficha de Inscrição

Mascote Vale do Côa

Objectivo

Inscrita na área juvenil, esta iniciativa visa distinguir a melhor ideia criativa para uma mascote da região do Vale do Côa.

Destinatários

Preferencialmente as Escolas do Ensino Básico e Secundário do país, podendo tratar-se de um trabalho colectivo (de turma, por exemplo). Podem também participar os(as) jovens, a título individual, desde que comprovem estar inseridos num dos ciclos de estudo mencionados.

Inovação

  • Combinar o património ancestral com a actualidade;
  • Demonstrar as evidências do trabalho apresentado através do profundo conhecimento/estudo da região.

Júri

  • A escolha dos projectos é da responsabilidade de um júri constituído por personalidades reconhecidas nas áreas da educação, desenvolvimento regional, empreendedorismo e inovação;
  • O júri será presidido pela Territórios do Côa – Associação de Desenvolvimento Regional;
  • Cabe ao júri a selecção das três ideias mais criativas;
  • O júri é composto por 5 elementos, representantes das entidades convidadas pela organização do concurso;
  • No dia do anúncio formal das três melhores ideias, um(a) representante do júri fará uma apresentação dos factos que levaram à decisão;
  • Da decisão do júri não haverá recurso.

Entrega dos Trabalhos

– A data limite para entrega dos trabalhos é 03 de Junho de 2013. (Consultar Regulamento Geral)

Comunicação/Divulgação

– A divulgação dos concorrentes seleccionados será feita individualmente até ao dia 05 de Julho de 2013, por e-mail, e será publicada no site www.valedocoa.pt;

– A comunicação final dos resultados do concurso será feita em acto público, no âmbito do programa CÔACRIATIVO, com data prevista para o dia 12 de Julho de 2013;

– A divulgação dos resultados será feita através dos meios de comunicação social e respectivos suportes comunicacionais a cargo da organização.

Critérios de Avaliação

– As candidaturas serão sujeitas a uma análise prévia, a cargo da Comissão Organizadora, que se encarregará de validar o cumprimento das normas regulamentares;

– As candidaturas que manifestem incumprimento das regras do concurso serão automaticamente excluídas;

– Depois de validadas as candidaturas, o júri procederá à avaliação das ideias, com base nos seguintes critérios:

Qualidade da ideiaPontuação (Escala de 0 a 10)
Originalidade
Efeitos demonstrativos da sua aplicabilidade
Contextualização da ideia no território
Apresentação da ideiaPontuação (Escala de 0 a 10)
Capacidade demonstrada pelo(a) proponente – individual ou equipa

– Os membros do júri atribuirão a cada ideia a concurso, e para cada um dos critérios, uma pontuação, na escala de zero a dez pontos. A pontuação total será o somatório das pontuações obtidas em cada um dos critérios;

– Caso se verifique um empate nas pontuações, a decisão sobre a classificação final caberá ao(à) presidente do júri.

Prémio

Será atribuído prémio ao melhor classificado no concurso da presente categoria, constituído por um troféu, um voucher de visita ao Vale do Côa e um kit de produtos regionais.

Todos os concorrentes receberão um certificado de participação no concurso.

Disposições Finais

  • Cada concorrente assume, para todos os efeitos legais, a plena responsabilidade pelos trabalhos que apresenta a concurso, pelo que a organização se exclui de toda e qualquer responsabilidade para com terceiros, sendo que qualquer responsabilidade cível ou criminal relativa aos conteúdos apresentados é inteiramente imputada ao(s) autor(es);
  • A inscrição de qualquer ideia neste concurso implica a aceitação do presente regulamento;
  • Finalmente, a organização do concurso reserva-se o direito de reflectir e decidir sobre qualquer questão omissa ao presente regulamento.

Ficha de Inscrição

Fotografia de Natureza e Património

Objectivo

Inscrita na área de Fotografia, esta iniciativa visa distinguir a fotografia mais criativa alusiva à natureza e ao património no Vale do Côa.

Destinatários

Público em geral, que tenha gosto na arte de fotografar e que reconheça nesta região uma diversidade de pontos de interesse dignos do melhor registo.

Apresentação da Ideia

As fotografias a concurso deverão ser apresentadas em formato jpeg, juntamente com o formulário de inscrição.

Cada autor pode apresentar no máximo duas fotografias a concurso, sendo que apenas uma será a premiada.

Júri

  • A escolha dos projectos é da responsabilidade de um júri constituído por personalidades    reconhecidas    nas    áreas    da    preservação    ambiental    e paisagística e desenvolvimento regional;
  • O júri será presidido pela Territórios do Côa – Associação de Desenvolvimento Regional;
  • Cabe ao júri a selecção das três ideias mais criativas;
  • O júri é composto por 5 elementos, representantes das entidades convidadas pela organização do concurso;
  • No dia do anúncio formal das três melhores ideias, um(a) representante do júri fará uma apresentação dos factos que levaram à decisão;
  • Da decisão do júri não haverá recurso.

Entrega dos Trabalhos

– A data limite para entrega dos trabalhos é 03 de Junho de 2013. (Consultar Regulamento Geral)

Comunicação/Divulgação

– A divulgação dos concorrentes seleccionados será feita individualmente até ao dia 05 de Julho de 2013, por e-mail, e será publicada no site www.valedocoa.pt;

– A comunicação final dos resultados do concurso será feita em acto público, no âmbito do programa CÔACRIATIVO, com data prevista para o dia 12 de Julho de 2013;

– A divulgação dos resultados será feita através dos meios de comunicação social e respectivos suportes comunicacionais a cargo da organização.

Critérios de Avaliação

– As candidaturas serão sujeitas a uma análise prévia, a cargo da Comissão Organizadora, que se encarregará de validar o cumprimento das normas regulamentares.

– As candidaturas que manifestem incumprimento das regras do concurso serão automaticamente excluídas.

– Depois de validadas as candidaturas, o júri procederá à avaliação das ideias, com base nos seguintes critérios:

Qualidade da imagemPontuação (Escala de 0 a 10)
Grau de qualidade da imagem
Adequação da fotografia aos objectivos do concurso

Criatividade

Pontuação (Escala de 0 a 10)
Capacidade demonstrada pelo(a)

concorrente

– Os membros do júri atribuirão a cada ideia a concurso, e para cada um dos critérios, uma pontuação, na escala de zero a dez pontos. A pontuação total será o somatório das pontuações obtidas em cada um dos critérios;

– Caso se verifique um empate nas pontuações, a decisão sobre a classificação final caberá ao(à) presidente do júri.

Prémio

  • Será atribuído prémio ao melhor classificado no concurso da presente categoria, constituído por um troféu e um Voucher de visita ao Vale do Côa (ver Regulamento Geral).
  • Todos os concorrentes receberão um certificado de participação no concurso.

Disposições Finais

  • Cada concorrente assume, para todos os efeitos legais, a plena responsabilidade pelos trabalhos que apresenta a concurso, pelo que a organização se exclui de toda e qualquer responsabilidade para com terceiros, sendo que qualquer responsabilidade cível ou criminal relativa aos conteúdos apresentados é inteiramente imputada ao(s) autor(es);
  • A organização presume que as imagens estão aptas, do ponto de vista legal dos direitos de autor, para a sua exibição pública, através da sua difusão a partir do site www.valedocoa.pt, ou em acções de divulgação e promoção de eventos dinamizados pela organização do concurso, ou nos quais participe;
  • A inscrição de qualquer fotografia neste concurso implica a aceitação do presente regulamento;
  • Finalmente, a organização do concurso reserva-se o direito de reflectir e decidir sobre qualquer questão omissa ao presente regulamento.

Ficha de Inscrição

Vencedores do Concurso de Ideias

Tipologia

Vencedor

Ideia

Fotografia Natureza e Património

António Jaime Abrunhosa

fotografia

Vista do Alto do Museu do Côa

image2

“Fotografia de um lugar especial, um lugar onde trabalho e olho todos os dias pela janela. Rios, montes e vales, de sol a brilhar ou então a nevar… Um local único onde dois patrimónios do mundo vêm beber de um néctar que nunca ninguém irá esquecer.”

Mascote Vale do Côa

Ana Raquel Ferreira Matos

mascote

image4

“A minha fonte de inspiração foi, sem dúvida, o bom que a natureza tem para o ser humano apreciar, a água, as gravuras, que são algo representativo do Côa. Depois, para dar uma certa vida à mascote utilizei as cores que identificam o nosso país – Portugal.”

Projecto Empreendedor

Sandra Isabel dos Santos Cardoso

empreendedor

image6

“A ideia consiste, numa panorâmica abstrata, na criação de uma incubadora artística. Ora, num espaço simultaneamente aberto e fechado, isto é, uma espécie de jardim ou parque, através da construção de estruturas, porventura, ecologicamente sustentáveis – utilização de energias renováveis, como painéis solares, por exemplo -, criar laboratórios, salas, anfiteatros, tanto interiores como exteriores, de forma a incentivar a criação e o desenvolvimento de atividades do foro artístico, lúdico e cultural. As áreas artísticas passariam pelas artes performativas, como Teatro, Dança e Música, e pelas artes plásticas, como Pintura, Escultura e Desenho, e quiçá, incluir também a Escrita Criativa (enquadrada na Literatura).”

Projecto de Marketing e Comunicação

Equipa ‘Creative – UBI’

marketing

image8

“A ideia inicial que pretendemos implementar provém da dinamização da área territorial e um foco prioritário na promoção dos pontos de interesse do Vale do Côa.

Uma das ligações que nos ocorreu foi ligar o Vale do Côa a festivais. A criação de um festival de música, longe do meio urbano, onde estariam subjacentes o campismo, o companheirismo, a cultura e o desporto interligados. Esta ligação entre a história do Vale do Côa com a realidade da atualidade, ou seja, ligação entre passado e presente, seria uma mais-valia para a região. Trazendo centenas de jovens a conhecer e a desfrutar da região e do que esta tem para oferecer.”

Documentário/Curta-Metragem

Equipa ‘Coletivo Criatura’

goncalo mota

hugo morango

image11

“Filme realizado no âmbito do projecto de investigação ‘Arquitecturas da água – entre o Côa, o Águeda e o Douro Internacional’.

Este documentário retrata uma faceta do território que se julga importantíssima do ponto de vista patrimonial – as memórias locais dos seus habitantes. A estes foi dado o papel principal enquanto narradores, na primeira pessoa, da sua experiência de criação do espaço cultural que habitaram e do qual hoje apenas experienciamos ruínas. Assim, este vídeo pode ser visto enquadrado num processo de empoderamento dos intervenientes locais, contribuindo para uma valorização pessoal e social do seu património.”